INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

Definição

Resultado de imagem para intolerancia religiosa

Intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças ou crenças religiosas de terceiros. Pode-se constituir uma intolerância ideológica ou política, sendo que, ambas têm sido comuns através da história. A maioria dos grupos religiosos já passou por tal situação numa época ou noutra. Floresce devido à ausência de tolerância religiosa, liberdade de religião e pluralismo religioso.

Gostaria de  refletir um pouco com você sobre esse tema… Muitas vezes tenho sido mal compreendido devido à postura assumida em relação a isto… Peço que avalie aqui o assunto, e me diga com sinceridade, qual a postura do cristão autêntico em relação ao assunto.

Em relação à DEUS

A maioria da humanidade tem sua concepção sobre DEUS. Para uns é o G.:A.:D.:U.: (Grande Arquiteto do Universo – maçons), Alah (muçulmanos), para outros é Buda (busdistas), Jeová/Iavé (testemunhas-de-jeová), ou Krishna, ou ainda uma infinidade de títulos e divindades; e para uma grande maioria, ainda, é simplesmente DEUS, o Criador do Universo. Cada qual concebe DEUS do seu próprio jeito… O que não significa, entretanto, que DEUS seja do jeito de cada um!

Em relação à forma de adoração

Da mesma forma, cada grupo social ou comunidade, têm, ao longo da história, desenvolvido seu próprio sistema de crenças, sistema religioso, formas de adoração para prestar sua homenagem e culto a DEUS. O que não significa,também, que DEUS aceite todas as formas de culto e adoração.

Não fosse a existência da Palavra de DEUS (Bíblia Sagrada), estaríamos às cegas, tentando, cada qual, adorar e servir a DEUS do seu próprio jeito, elegendo seus próprios mentores espirituais de acordo com suas preferências. Entretanto, não é assim!

DEUS não se deixou sem testemunho! ELE deixou à humanidade um legado que permite que o homem não só se aproxime do único DEUS VERDADEIRO, como também O adore da forma que ELE quer ser adorado e O sirva como ELE quer ser servido.

Diante dessa revelação que encontra-se ao longo das Escrituras, não há, para mim, essa questão de “intolerância religiosa”, pois não tenho, de fato, que “tolerar” qualquer falsa adoração, nem concordar com ela.

Há quem diga que “como DEUS É AMOR, ELE aceita todas as religiões e todas as formas de adoração” em respeito à cada personalidade humana! Será?

Acredito que podemos dizer que JESUS era extremamente manso, ELE própio o declarou:

“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.”  (Mateus 11:29)

Vejamos, entretanto, que o fato de ser ELE manso e humilde, não o tornava “passivo” diante das coisas concernente à DEUS…

“E estava próxima a páscoa dos judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. E achou no templo os que vendiam bois, e ovelhas, e pombos, e os cambiadores assentados. E tendo feito um azorrague de cordéis, lançou todos fora do templo, também os bois e ovelhas; e espalhou o dinheiro dos cambiadores, e derribou as mesas; E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda.”
(João 2:13-16)

Acredito que se fosse em nossos dias, JESUS seira taxado de “intolerante religioso”. Ou será que não? JESUS fêz um chicote de cordas… e, “derrubou as mesas dos vendedores de animais, espalhou o dinheiro dos vendedores”… Nos dias de hoje alguém certamente questionaria… Que tipo de amor é esse? Como pode ser “tão violento”? Que falta de respeito para com as pessoas… Que falta de amor…

Mas não é o caso! A Palavra de DEUS assim nos diz:

“Bem-aventurado o homem que põe no SENHOR a sua confiança, e que não respeita os soberbos nem os que se desviam para a mentira.”  (Salmos 40:4)

Quando DEUS enviou seu povo para entrar na terra que ELE lhes daria, não falou nada sobre “respeitar a crença alheia”… Pelo contrário, disse-lhes o seguinte:

“Não te inclinarás diante dos seus deuses, nem os servirás, nem farás conforme às suas obras; antes os destruirás totalmente, e quebrarás de todo as suas estátuas.” 
(Êxodo 23:24)

“Porém assim lhes fareis: Derrubareis os seus altares, quebrareis as suas estátuas; e cortareis os seus bosques, e queimareis a fogo as suas imagens de escultura.”
(Deuteronômio 7:5)

Penso que precisamos ser mais fiéis à Palavra de DEUS! Mais fiéis aos Seus mandamentos e menos tolerantes. Ao que hoje chamam de “tolerância”, DEUS chama de covardia!

Oh, SENHOR! Tem misericórdia de nós! Dá-nos ousadia! Dá-nos intrepidez, não apenas para “falar” do Evangelho do Reino, mas para “Viver a Tua Palavra”.

Que possamos, sim, amar a todas as pessoas, ainda que discordemos de suas práticas de vida e de religião. Que possamos, acima de tudo, obedecer a Tua Palavra, ainda que para isto, desobedeçamos o Estado!

Anúncios

Sobre Carlos A. Bächtold

Sou um discípulo de JESUS CRISTO. Casado com Adriana Bahiense Scansetti Bächtold, temos dois filhos: Daniel e Débora. Atualmente resido em Foz do Iguaçu, onde busco ser semelhante a JESUS, crendo em tudo o que ELE ensinou e obedecendo a tudo o que ELE ordenou. Para isso busco viver segundo o Evangelho do Reino, procurando fazer discípulos por onde vou. No momento atuo como professor de ensino fundamental na Rede Municipal de Educação.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Seu comentário e opinião são importantes:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s